Dando Nota

Rodrigo Alves

O gosto amargo do café Nespresso

Cafeteira Expresso Nespresso U Mat

Eu estava em busca de um item novo para a minha casa, nessas compras compulsivas de Natal que a gente faz no fim do ano. Anda ali, olha aqui, fuça pra lá e pra cá e pensa mais um pouquinho. Pimba! Chego à conclusão que uma máquina de café expresso, no sistema de cápsulas, seria um acessório agradável. Só não esperava que, dois meses depois, relataria a minha decepção com o produto escolhido: a Cafeteira Expresso Nespresso U Mat, adquirida em 29 de dezembro de 2015 na loja FastShop, no Shopping Piracicaba.

A minha opção inicial era uma cafeteira expresso da marca Arno, pois acho o modelo Piccolo uma graça, muito parecido com um robozinho. Mal tive a chance de olhar a máquina por um minuto e a vendedora me arrastou para o modelo Nespresso, sob alegações mil. Ela até me serviu um café feito na máquina, falou sobre os preços mais em conta das cápsulas e, por último, me conseguiu convencer sob um argumento: a empresa Nespresso estava com uma promoção especial de fim de ano, em que o cliente teria direito a R$ 100 em cápsulas de café, ao adquirir o modelo U Mat. Saí da loja feliz e ainda levei um espumador de leite aeroccino, conduzido pela boa lábia da vendedora. O preço final foi de R$ 449,00.

Até aí, julguei ter levado um ótimo produto para a casa. Ledo engano. A marca Nespresso pode até fazer os melhores cafés do mercado, mas há um ponto em especial em que ela não é especialista: o atendimento ao cliente. Eu disse atendimento? A Nespresso é especialista em enganar os consumidores. E eu faço questão de apresentar os meus argumentos, com comprovação por e-mails e números de protocolos. Até 22 de fevereiro de 2016, data em que escrevo esse texto, não consegui resgatar os míseros R$ 100 de bônus em capsulas que a empresa propôs. Empresa que, diga-se de passagem, pertence à família Nestlé.

Que fique bem claro: não sou do tipo que coloca a boca no trombone, que reclama da vida e chuta a própria sombra. Mas esta foi a minha única alternativa, diante do descaso total com o cliente. Eu manterei a máquina no meu apartamento, sim, mas me recuso, depois de tanta falta de atenção, a desembolsar um centavo em qualquer cápsula da marca Nespresso. Fiz a minha parte. A Nestlé e a Nespresso, não.

A minha recomendação, hoje, a qualquer consumidor do café é: não se deixe enganar pela Nespresso e por seus simpáticos vendedores. Definitivamente, procure outra marca, independente da qualidade do produto. A Nestlé precisa entender que “tempo é dinheiro” e que não compete ao consumidor implorar por míseros R$ 100.

Os relatos abaixo, muito detalhados, falam por si e são muito semelhantes ao de outros consumidores nos sites de reclamação Brasil afora. Encontrei, nas buscas pela web, consumidores tão insatisfeitos quanto eu. Enganados como eu.

Segundo os Termos de Condições da Promoção, a data final para o resgate do voucher de R$ 100 era 31 de janeiro de 2016, sendo que todos os meus contatos foram anteriores e após esse período.

Primeiro contato – 29 de dezembro de 2015

Nesta data, acessei o site da promoção (nespresso.com/promotion/br) e preenchi com todos os meus dados. Alguns segundos depois, recebi um e-mail automático com o título “Registro efetuado com sucesso! – Oferta Exclusiva Nespresso”.

A empresa também enviou o número de identificação do registro (FCT-MT2L2), dizendo que em quatro dias úteis os documentos seriam validados.

151229 - 1

151229 - 2
151229 - 3

Segundo contato – 30 de dezembro de 2015

A Nespresso foi realmente rápida em analisar os meus documentos. Em resposta, me enviou às 16h27 do dia 30 de dezembro, um e-mail solicitando o envio de dois documentos complementares: Número de série da máquina (escaneado/foto) e foto do meu CPF.

PS: quem acompanhou a minha rotina de fim/começo de ano pelo Facebook deve ter visto que tirei férias em janeiro, quando estive no Chile. Como estava preocupado com coisas mais importantes, deixei para responder ao e-mail em outra data, mas ainda dentro do prazo estabelecido pela empresa como final da promoção (31/01/2016).

151230

Terceiro contato – 19 de janeiro de 2016

Após retornar das viagens de férias (e 12 dias antes do encerramento da promoção), enviei um e-mail de resposta para campanhas@nespresso.com. Nele, anexei uma foto do número de série da máquina e uma cópia escaneada do meu CPF (frente e verso).

Um minuto depois, a Nespresso me enviou uma mensagem automática, também por e-mail. O conteúdo segue abaixo:

160119 - 1

160119 - 2

Quarto contato – 22 de janeiro de 2016

A empresa me enviou um e-mail, às 9h39 do dia 22 de janeiro, com o título “Serviços Nespresso ao seu dispor”.

Nele, havia ainda o meu número de membro (1494375), seguido da mensagem: “Prezado Membro do Nespresso Club: Como parte do universo Nespresso, desfrute das vantagens que o Club oferece e faça seus pedidos a qualquer momento e em qualquer lugar.”

Observação: ao receber este e-mail, julguei que tudo estava certo com os meus créditos e que, até 31 de janeiro, poderia retirar os R$ 100 do voucher pelo site da campanha.

160122

Quinto contato – 28 de janeiro de 2016 – às 20h42

Como nem tudo na vida gira em torno de um café expresso, no dia 28 de janeiro entrei no site oficial da Nespresso para utilizar a fortuna de R$ 100 em crédito. Digita número aqui, faz login ali, muda número, senha, etc, e nada. No site estavam disponíveis apenas os produtos para compra.

Resolvi, então, utilizar o contato por telefone, uma vez que a empresa faz uma grande propaganda sobre a disposição dos “especialistas de qualidade” nas 24 horas por dia, sete dias do semana.

Às 20h42 liguei para o 0800 7777 737 e tive a amarga sensação de que, a partir daquele momento, estava sendo conduzido por um verdadeiro jogo de enganação, disse-me-disse e lenga-lenga. Saí da conversa com um número de protocolo: 2906573

A “especialista em qualidade” me garantiu: “em quatro dias o senhor terá uma resposta”. Ela também me tranquilizou, uma vez que eu fazia contato dentro do prazo da promoção e, que se necessário fosse, a empresa prorrogaria o prazo. Ela reconheceu que houve uma falha da Nespresso.

Demais contatos

Depois dessa experiência frustrante, ainda utilizei o 0800 7777 737 para contatar a Nespresso em 5 de fevereiro, às 11h52, em 12 de fevereiro, às 18h26, e em 16 de fevereiro de 2016, às 23h35, quando a atendente me passou outro número de protocolo (2934901).

Detalhe que, em todas as outras ligações, fui informado que a empresa não gerava um segundo protocolo para a mesma solicitação.

Detalhe que o último atendimento por telefone, em 16 de fevereiro, foi o mais equivocado. Totalmente impaciente e um tanto indelicada, a “especialista em qualidade” informou que a promoção era para máquinas adquiridas até dia 10/12/2015, o que não se aplicada ao meu caso, já que o produto foi comprado em 29 de dezembro.

Pois bem, antes de redigir esse longo texto, não vencido pelo cansaço, entrei novamente no site da Nespresso (https://www.contact.nespresso.com/contact-us/br/br/) para relatar, de novo, o problema. Com muita paciência, que sempre me foi peculiar.

Às 14h45 do mesmo dia (22/02), a “especialista em qualidade” Simony Campos gentilmente me enviou um e-mail com um “texto padrão”, que reproduzo abaixo, na íntegra:

160222

Captura de Tela 2016-02-23 às 23.21.06

Espero, com este relato, ao menos ter convertido uma única alma. Se for comprar máquina de café, não se iluda.

Perdi a paciência e estou procurando, agora, o Juizado Especial de Pequenas Causas.

2 comentários em “O gosto amargo do café Nespresso

  1. Rodrigo Alves
    2 de maio de 2016

    Rindo alto aqui. Nós realmente estávamos dispostos a sermos ótimos clientes do Club Nespresso.​ Mas depois desse descaso, aderimos ao boicote. Estamos comprando capsulas genéricas apenas, que têm dado conta do recado.

    A máquina foi um presente pro Dri, no retorno do Canadá. Ele é apaixonado por café.

    Detalhe: a Nespresso tentou nos comprar com duas xícaras (de brinde). Até a assessoria de imprensa deles entrou em contato, pedindo descaradamente para que eu retirasse o post do ar. Turrão que sou, deixei on-line.

    Abraços, a festa estava muito boa. Boa semana procê!

    Curtir

  2. fi80s
    1 de maio de 2016

    hauahuahuah e eu oferecendo café Nespresso na festa!
    vc deve ter olhado a maquininha e pensado: “Vou jogar pela sacada, ninguém vai perceber se eu fizer rapidinho!”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 22 de fevereiro de 2016 por em Opinião e marcado , , , .

Tradutor

Receba notificações de posts por e-mail.

Follow Dando Nota on WordPress.com

Instagram

#piracicaba250anos #PiraParade #Piracicaba250anos Festa na roça #piracicaba250anos Jornalista sendo jornalista até no bar! Eu pagando de tímido e sendo flagrado no Leblon Janelas do Tempo, exposição aberta hoje na Acipi, promovida pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, para comemorar os 250 anos da cidade. #piracicaba250anos Como é bom ser criança! Lorenzo empolgado com a coleção de minions! Aquecendo com a #MinhaOSP
%d blogueiros gostam disto: