Dando Nota

Rodrigo Alves

Eu não tenho nada contra, mas…

O Boticário

Publicado no Jornal de Piracicaba em 12 de junho de 2015
Caderno Cultura – Página C2

Eu não tenho nada contra O Boticário, mas deixei de usar a marca depois de certos comerciais moderninhos demais para o meu gosto.

Eu não tenho nada contra a Madonna. Até acho legal Like a Player, mas é uma falta de respeito o uso do crucifixo em protestos.

Eu não tenho nada contra certos protestos, mas acredito que alguns mereciam punição severa. Essa coisa de Marcha pra Jesus, Marcha para a Família, Marcha para as Vadias, Marcha Gay, Marcha Hétero. É caso de crime hediondo. Tudo coisa de gente desocupada.

Eu não tenho nada contra novelas, pelo contrário, gostei muito de O Rei do Gado, mas não assisti Babilônia por causa da Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg. Atrizes tão talentosas, tinham tudo para encerrar a carreira com chave de ouro. Como podem aceitar o papel de casal lésbico?

Eu não tenho nada contra a música pop, até ouço no rádio, mas não é minha praia curtir Madonna, Beyonce, Britney Spears, Lady Gaga e Kate Perry.

Eu não tenho nada contra o rosa, mas filho meu não usa essa cor em camisetas, tênis, adesivos ou qualquer acessório.

Eu não tenho nada contra, mas filho meu não faz teatro e nem balé. E filha minha também não joga futebol, apesar de não ter nada contra.

Eu não tenho nada contra os bares e as boates GLS, mas não frequento. Não me sentiria à vontade nesses lugares. E quem vai, alguma coisa tem.

Eu não tenho nada contra gays, mas não acho normal. Mulher com mulher até levo em conta, mas homem com homem, que nojo!

Eu não tenho nada contra os gays, mas sou contra a adoção por casais homossexuais. Imagina como ficaria o psicológico de uma criança, com duas mães ou dois pais?

Eu não tenho nada contra o homossexualismo, mas não me sinto à vontade quando vejo dois homens beijando ou se agarrando na minha frente.

Eu não tenho nada contra as lésbicas, mas acho estranho elas se vestirem como homens.

Eu não tenho nada contra, mas camisa polo é coisa de coxinha. Suéter enrolado no pescoço também. Sneaker é símbolo máximo, mas não tenho nada contra quem usa.

Eu não tenho nada contra os programas sociais do governo, mas acho politicagem para atrair votos dos pobres e nordestinos.

Eu não tenho nada contra o Nordeste, mas nunca fui pra lá. É lugar de gente sem cultura, que gosta de mamar nas tetas do governo. Sou da opinião que o Nordeste deveria ser separado do Brasil.

Eu não tenho nada contra quem usa tatuagens ou piercings, mas não aceitaria para preencher uma vaga na minha empresa.

Eu não tenho nada contra o samba, mas acho música de preto. Também não tenho nada contra o funk, mas é música de favelado.

Eu não tenho nada contra deficientes e negros, mas acho um absurdo essa história de cotas nas empresas e universidades.

Eu não tenho nada contra andar de transporte coletivo, só não gosto de me misturar com muitas pessoas.

Eu não tenho nada contra os idosos, mas odeio quando os vejo na fila preferencial. E assento reservado no ônibus? Eu logo sento e finjo que estou dormindo.

Eu não tenho nada contra quem é crente, mas acho antiquada a ideia de saias, cabelos compridos, frequentar cultos e ler a bíblia.

Eu não tenho nada contra ao espiritismo, mas acho estranho essa coisa de receber passe, frequentar mesa, candomblé, umbanda, etc e tal. Pra mim é tudo macumbeiro.

Eu não tenho nada contra as domésticas, mas acho um besteira essa história de carga horária, horário de almoço e registro em carteira.

Eu não tenho nada contra gaúcho, mas é tudo um bando de boiola.

E que fique bem claro: eu não tenho nada contra, mas… preconceito não é comigo. Eu respeito as minorias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 12 de junho de 2015 por em Opinião e marcado , , , , , .

Tradutor

Receba notificações de posts por e-mail.

Follow Dando Nota on WordPress.com

Instagram

#piracicaba250anos #piracicaba250anos #PiraParade #Piracicaba250anos Festa na roça #piracicaba250anos Jornalista sendo jornalista até no bar! Eu pagando de tímido e sendo flagrado no Leblon Janelas do Tempo, exposição aberta hoje na Acipi, promovida pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, para comemorar os 250 anos da cidade. #piracicaba250anos Como é bom ser criança! Lorenzo empolgado com a coleção de minions!
%d blogueiros gostam disto: