Dando Nota

Rodrigo Alves

Um prêmio, para sempre!

Por Adolpho Queiroz, Carlos Colonese, Luis Antonio Lopes Fagundes e Fausto Longo*

Há exatos quatro anos falecia em Piracicaba o prof. Alceu Marozzi Righetto, num 17 de junho. Educador, jornalista e ativista cultural, legou a Piracicaba um dos seus maiores patrimônios culturais : o Salão Internacional de Humor. Obra coletiva, construída por milhares de mãos, de diversos países, de diversos estados do Brasil e especialmente de Piracicaba, o salão nunca teve – nem deveria ! — donos.

Catalisador de um humor irreverente e às vezes cruel, admirador d ´O Pasquim, um jornal inovador ao seu tempo, de enfrentamento contra a ditadura militar que vigorava no país, jornalista inquieto e educador severo, foi um visionário ao sugerir uma mostra inédita no país. Antes dela, apenas uma brevíssima incursão feita por estudantes da Universidade Mackenzie, através do seu DCE em 1973, com uma mostra montada no museu “Lasar Segal”, em São Paulo ou a revista “Balão”, também editada pelo DCE da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, davam eco e ressonância à geração do hebdomadário carioca dirigido por Jaguar, Ziraldo, Millor Fernandes, Ivan Lessa, Fortuna, Tarso de Castro e tantos outros irreverentes jornalistas e cartunistas do período.

Coube a Piracicaba a honra e o privilégio de ousar com aquele primeiro Salão. Pouca divulgação,muito improviso, uma equipe de colaboradores bastante jovem e pouco experiente com desafios daquela natureza, capitaneada pelo professor Alceu. Mestre de um novo jeito de pensar a cultura local, cujos ensinamentos conquistaram uma geração de jovens que, aliados a ele, ajudaram a construir esta grande obra.

Ao completarmos os 39 anos de vida ininterrupta do Salão, superamos antigas mostras que perderam o vigor e ficaram na lembrança, como os salões de Luca, na Itália ou de Toronto, no Canadá. Sobrou a irreverente mostra de Saint Just, na França onde os premiados ganham porcos, vacas e galinhas como prêmio ou a belíssima e bem sucedida experiência do Porto Cartum através do Museu de Imprensa de Portugal. O salão espalhou filhotes pelo Brasil todo, e há vinte anos, a Universidade Metodista de Piracicaba inovou ao lançar um salão só para jovens universitários, relevando-se um celeiro crescente para jovens autores.

E aqui mesmo em Piracicaba, outros frutos vieram. Uma geração de jovens cartunistas que publica na cidade e faz sucesso por aqui, embora merecesse que seu trabalho pulasse as barrancas do Rio Piracicaba. Ou o Salãozinho de Humor, que hoje chega a sua décima edição, com a parceria sempre criteriosa da Prefeitura de Piracicaba, que desde 1974 ajuda a consolidar esta obra.

Contudo nesta data, formalizamos um agradecimento público à Prefeitura Municipal, na pessoa do seu prefeito, da secretária de cultura e do presidente da Câmara Municipal e aos demais integrantes do legislativo local, que viabilizaram a lei que institui o Prêmio “Alceu Marozzi Righetto”, para um júri popular que se constituirá a partir desta edição para honrar a tradição irreverente do salão e, com o voto dos apreciadores, dos visitantes e dos internautas do mundo inteiro, lembrarem-se para sempre do grande homem público que foi Alceu Marozzi Righetto. A ele também nossa gratidão!

* Adolpho Queiroz, Carlos Colonese, Luis Antonio Lopes Fagundes e Fausto Longo são fundadores do Salão de Humor de Piracicaba.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 19 de junho de 2012 por em Curiosidades.

Tradutor

Receba notificações de posts por e-mail.

Follow Dando Nota on WordPress.com

Instagram

Lorenzo, 22 meses! #padrinhobabão Job da noite: Rádio Câmara Web Lorenzo fazendo arte, ensinado pelo padrinho! No filter #piracicaba250anos #piracicaba250anos #PiraParade #Piracicaba250anos Festa na roça #piracicaba250anos Jornalista sendo jornalista até no bar!
%d blogueiros gostam disto: